Posts com Tag ‘hospital santo amaro’


anaparteira
.
GUARUJÁ NÃO GANHOU UMA NOVA MATERNIDADE, APENAS RECUPEROU OS LEITOS DA MATERNIDADE QUE A BONDOSA PREFEITA DOOU!
por Manoel Antonio Vergara 
.
No dia 28 de Fevereiro de 2009 o querido Michel Tuma Ness (Michelão), realizava o famoso Feijão Amigo no Hotel Jequitimar, homenageando a nova prefeita de Guarujá. Novos ventos sopravam e Michelão mal sabia que ali, naquela data, começaria o pior, imoral e corrupto governo que jamais esta cidade já havia vivido.

O secretário da saúde Dr. Gerônino Villanueva, ex-vereador, ex-presidente da Câmara Municipal por dois mandatos, ex-candidato a prefeito, chega a Maternidade Ana Parteira com uma única ordem, fechar imediatamente a maternidade. Começa a retirada de mães e bebes, muitas pacientes que há poucas horas deram a luz e como se não bastasse, o médico, político, secretário, fecha as portas da maternidade a pontapés!!!!!

O ato documentado em vídeo e disponível na internet (assista aqui), instalava à partir daquele momento o caos na saúde de Guarujá. Muitas explicações do governo, promessas da reabertura da maternidade em 45 dias, desculpas sobre os elevadores, mas é inexplicável como uma professora, mulher e prefeita, ordena fechar um equipamento recém-inaugurado (assista aqui), despejar no meio da noite mães e bebes de um equipamento com tanta importância a mães de Guarujá e Vicente de Carvalho.

Uma vingança política contra o ex-prefeito Farid Madi? Uma maneira de varrer suas realizações, como o fechamento de todas as USAFAS nos bairros? A Prefeita Maria Antonieta de Brito garante que não e após 45 dias inicia as obras para entregar a maternidade a população. Passaram-se cinco anos, foram gastos na reforma do prédio da Maternidade Ana Parteira mais de 1,5 milhões, somente no Hospital Santo Amaro foram gastos oficialmente 3 milhões onde foi deflagrada a Guerra dos Compadres (a construtora não entregava as obras alegando falta de pagamento e o administrador do hospital declara que nada deve, ambos compadres!). Equipamentos novos da antiga Maternidade Ana Parteira desaparecem no Sistema Público de Saúde de Guarujá, a população faz passeatas e quer a reabertura da maternidade, de nada adianta, o plano da prefeita já estava em execução.

No último dia 07/05/2014, cerca de 1.897 dias após o fechamento da Maternidade Ana Parteira em Vicente de Carvalho, o Governador do Estado chega ao Guarujá para inaugurar uma Ala no Hospital Santo Amaro que se chamará Ana Parteira. Para quem acredita que a novela acabou, teremos muitos mais capítulos.

O governador também anuncia um repasse de mais de 12,5 milhões ao HSA, hoje conhecido como o Hospital UIP & Polara. Muitas perguntas rondam meus pensamentos. Uma das principais perguntas é a questão da Corporação UIP & Polara realizarem o projeto do novo Hospital Satélite de Vicente de Carvalho, o nosso Sputnick (velho, reformado e obsoleto). O projeto da Uip & Polara Corp. é transformar o Hospital Santo Amaro num Sírio Libanês, Albert Einstein, empurrando o Sistema Único de Saúde e os pobres para o novo Hospital Satélite, o Sputnick. Como ficará a situação da nova Maternidade Ana Parteira, voltará para Vicente de Carvalho?

Outra questão intrigante é como uma Sociedade Beneficente que recebe tanto dinheiro da Prefeitura de Guarujá e do Governo do Estado, presta tão pouco as contas ao contribuinte. A página de Transparência da Sociedade que administra o Hospital Santo Amaro é uma piada. Muito poucas informações e ninguém nunca saberá por exemplo, quem são as empresas que prestam serviços de Comunicação & Marketing ao Hospital e quanto recebem. Imaginem descobrir quanto custa um Litro de Álcool Gel no Hospital Santo Amaro?

Bem amigos, nada mudará nesta cidade, cada vez mais tenho certeza que o fechamento da Maternidade Ana Parteira e a sua instalação no Hospital Santo Amaro é mais uma ação das máfias que orbitam na administração desta cidade. Especificamente no caso da Maternidade Ana Parteira, tenho certeza que a “Máfia do Jaleco Branco” venceu, o SUS pagará as futuras contas e o contribuinte brasileiro ficou com o prejuízo da briga.
.

DR. PRÓZINHO NÃO FAÇA ISSO! JÁ CHEGA A PREFEITA DE GUARUJÁ NOS ENVERGONHANDO DIARIAMENTE.
E O DEPUTADO FEDERAL AUTO-INTITULADO DO GUARUJÁ, APRONTOU NOVAMENTE!
 
prozinho

A VENENOSA, MALDOSA MAS LIDA E VERÍDICA COLUNA POLÍTICA DO GUARUJÁ, O PINGA-FOGO ESTÁ NO AR!
E A NOTÍCIA ULULANTE É QUE TODA DIRETORIA NO HOSPITAL SANTO AMARO FICARAM ATEUS, APÓS AS OBRA DA CONSTRUTORA DO SECRETÁRIO ADILSON DE JESUS. HUHUHU, JÁ PENSARAM NA HORA QUE SAIR NA IMPRENSA A HISTÓRIA DO RETROPORTO DE GUARUJÁ, A CASA CAI!
 
pingafogoabril
 
GOVERNO MARIA DE BRITO: “QUEM CONHECE, NÃO CONFIA!”
.

DR. URBANO, A POLICIA DO GOVERNO, A “GESRATO” DE GUARUJÁ, ESTÁ CHEGANDO AO HOSPITAL SANTO AMARO!
ADVOGADO GERAL DO MUNICÍPIO, ABRE MAIS UMA SINDICÂNCIA, AGORA PARA APURAR CONTRATUALIZAÇÃO COM O HOSPITAL SANTO AMARO.
 
guerato_hsa
 
CHEGAMOS A CONCLUSÃO PELOS INQUÉRITOS ADMINISTRATIVOS INSTAURADOS QUE: “A ADMINISTRAÇÃO ESTÁ REPLETA DE AMADORES INCOMPETENTES OU FUNCIONÁRIOS DESONESTOS”. 
.

VAMPIRO QUE SE PREZA NÃO ASSUME DÍVIDA DE SANGUE.
POBRE HOSPITAL SANTO AMARO, NEM O BANCO DE SANGUE RESISTIU!
 
santoamarosangue
 

A ADMINISTRAÇÃO DO GUARUJÁ TÁ PARECENDO MULHER DE MALANDRO, TEM QUE BATER PARA ELA ANDAR!
DECLARAÇÕES DO PRESIDENTE DA SOCIEDADE SANTAMARENSE SOBRE RECURSOS RECEBIDOS, DEIXA A ADMINISTRAÇÃO DODÓI. APARECER NA FOTO DA REFORMA A PREFEITA MARIA ANTONIETA GOSTA, AGORA DAR UMA GRANINHA PARA O HOSPITAL, NINGUÉM QUER….
 
santoamarorepasses2014
 
MAS AFINAL, QUANTO O HOSPITAL SANTO AMARO RECEBE?
 
santoamarorepasses2014DO
 
ESSA É FÁCIL, NEM DEUS SABE!
 

PREFEITA DE GUARUJÁ FAZ CIRURGIA PARA RETIRADA DE PEDRA NA VESÍCULA.
FOFOQUEIROS DE PLANTÃO PERGUNTAM SE FECHARAM A ALA INTEIRA DO HOSPITAL E COLOCARAM OS “HOMENS DO SERVIÇO SECRETO DA PREFEITA”, PARA PROTEGER O ANDAR. QUEM SERÁ QUE PAGA TODA A SEGURANÇA DA PREFEITA DE GUARUJÁ?
 
housee
 

A prefeita de Guarujá, Maria Antonieta de Brito (PMDB) passou por uma cirurgia para a retirada de pedra na vesícula, nesta segunda-feira.

De acordo com informações da assessoria da administração municipal, o procedimento simples (videolaparoscopia) teve início às 8 horas e durou cerca de 30 minutos. Antonieta passa bem.

Em nota, a assessoria afirma ainda que a chefe do Executivo guarujaense aguardará a visita do seu médico nesta terça-feira para saber se receberá alta ou se continuará sob os cuidados hospitalares.


UMA POBRE CIDADE RICA CHAMADA GUARUJÁ!
QUANDO O PRESIDENTE DA CÂMARA COMEMORA UMA DOAÇÃO PARTICULAR DE R$ 500 MIL, PARA A MONTAGEM DE UM HOSPITAL NA PERIFERIA DA CIDADE, UMA CIDADE COM ORÇAMENTO SUPERIOR À 1 BILHÃO, A REALIDADE É CLARA: “ESTAMOS PERDIDOS!” 
 
marcelosquassoni
 
LEMBRANDO QUE A GRANDE FINALIDADE DO CHAMADO HOSPITAL SATÉLITE, CONFORME DECLARAÇÕES DO PRESIDENTE DO SANTO AMARO, SERÁ APENAS NA NOSSA VISÃO, RETIRAR OS POBRES DO HSA, MANDANDO-OS PARA O HOSPITAL SATÉLITE SPUTINIK, AFINAL A “DAVID CORPORATION” TENTA HÁ ANOS APROPRIAR-SE DO HOSPITAL DO SAUDOSO DOM DOMÊNICO!
.

POVOOTARIO
.

SECRETÁRIO-ADJUNTO DE SAÚDE DE SÃO PAULO TEM SÓCIO LIGADO A ORGANIZAÇÃO INDICIADA POR FRAUDE
ADJUNTO DE DAVID UIP DIVIDE EMPRESA COM MÉDICO LIGADO À SAS, ALVO DO MP NA OPERAÇÃO ATENAS POR SUSPEITA DE FRAUDAR HOSPITAL PÚBLICO EM ITAPETININGA; ORGANIZAÇÃO DE SAÚDE ATUAVA EM DIVERSAS CIDADES DE SP E OUTROS ESTADOS.
 
DAVIDUIP
 

A participação num esquema fraudulento que teria desviado R$ 7,5 milhões apenas no Hospital Regional de Itapetininga levou ao indiciamento de 61 pessoas. O pedido foi feito em dezembro passado pelos promotores do núcleo Sorocaba do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público paulista. Concluída há dois meses, a chamada Operação Atenas investigou irregularidades praticadas pelo Sistema de Assistência Social e Saúde (SAS) e pelo o Instituto SAS – ambas empresas com status de Organização Social (OS) – na gestão do principal hospital da cidade, localizada a 170 quilômetros da capital. Uma verdadeira sangria de recursos, segundo os promotores.

As investigações começaram a partir das denúncias de Geraldo Miguel de Macedo, então secretário de Saúde de Itapetininga, sobre irregularidades na execução do contrato firmado entre o SAS e a prefeitura. Segundo o Ministério Público, embora sejam empresas separadas, ambas se confundem em uma única organização criminosa, que é administrada e comandada por Fábio Berti Carone.

Ainda conforme o Gaeco, a quadrilha tinha como objetivo a apropriação de recursos públicos destinados à área da saúde a partir da ação de lobistas, ao financiamento de campanhas de agentes políticos e ao pagamento de propina a funcionários públicos para direcionar contratos fraudulentos ao SAS.

O dinheiro seria desviado para os integrantes da quadrilha por meio de pagamento de notas fiscais “frias” ou superfaturadas, emitidas contra o SAS por empresas, na maioria das vezes registradas em nome dos integrantes do bando ou de seus parentes. As organizações atuavam ainda nos municípios paulistas de São Miguel Arcanjo, São Paulo, Araçariguama e Vargem Grande Paulista. Em Americana, outro município vítima dos supostos fraudadores, segundo o órgão investigador, o prefeito Diego de Nadai (PSDB) teria recebido R$ 100 mil de propinas.

Tudo isso seria mais um caso de exploração privada do dinheiro público. No entanto, a imoralidade do esquema pode ser ainda mais grave caso se confirme o envolvimento não apenas de gestores, políticos e empresários, como é comum nessas redes criminosas, mas também de empresas e pessoas com ligações na Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo – órgão governamental executivo responsável por buscar a qualidade de um serviço essencial e garantir atendimento digno à população. 

DAVIDUIP2

.

A participação num esquema fraudulento que teria desviado R$ 7,5 milhões apenas no Hospital Regional de Itapetininga levou ao indiciamento de 61 pessoas. O pedido foi feito em dezembro passado pelos promotores do núcleo Sorocaba do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público paulista. Concluída há dois meses, a chamada Operação Atenas investigou irregularidades praticadas pelo Sistema de Assistência Social e Saúde (SAS) e pelo o Instituto SAS – ambas empresas com status de Organização Social (OS) – na gestão do principal hospital da cidade, localizada a 170 quilômetros da capital. Uma verdadeira sangria de recursos, segundo os promotores.

As investigações começaram a partir das denúncias de Geraldo Miguel de Macedo, então secretário de Saúde de Itapetininga, sobre irregularidades na execução do contrato firmado entre o SAS e a prefeitura. Segundo o Ministério Público, embora sejam empresas separadas, ambas se confundem em uma única organização criminosa, que é administrada e comandada por Fábio Berti Carone.

Ainda conforme o Gaeco, a quadrilha tinha como objetivo a apropriação de recursos públicos destinados à área da saúde a partir da ação de lobistas, ao financiamento de campanhas de agentes políticos e ao pagamento de propina a funcionários públicos para direcionar contratos fraudulentos ao SAS.

O dinheiro seria desviado para os integrantes da quadrilha por meio de pagamento de notas fiscais “frias” ou superfaturadas, emitidas contra o SAS por empresas, na maioria das vezes registradas em nome dos integrantes do bando ou de seus parentes. As organizações atuavam ainda nos municípios paulistas de São Miguel Arcanjo, São Paulo, Araçariguama e Vargem Grande Paulista. Em Americana, outro município vítima dos supostos fraudadores, segundo o órgão investigador, o prefeito Diego de Nadai (PSDB) teria recebido R$ 100 mil de propinas.

Tudo isso seria mais um caso de exploração privada do dinheiro público. No entanto, a imoralidade do esquema pode ser ainda mais grave caso se confirme o envolvimento não apenas de gestores, políticos e empresários, como é comum nessas redes criminosas, mas também de empresas e pessoas com ligações na Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo – órgão governamental executivo responsável por buscar a qualidade de um serviço essencial e garantir atendimento digno à população. 

DAVIDUIP3

.

Outro indício está na reportagem de 21 de dezembro de 2012 do jornal Correio de Itapetininga, segundo a qual o Tribunal de Contas do Estado (TCE), que apurava supostas irregularidades na SAS, apontava evidências de direcionamento de recursos e que as notas fiscais emitidas por essas quatro empresas de serviços médicos tinham a mesma caligrafia e a mesma agência bancária para pagamentos. E que as coincidências incluíam a impressão dos blocos de notas na mesma gráfica e a prestação de serviços praticamente exclusiva para a SAS.

De acordo com editais publicados no Diário Oficial de São Paulo, convocando sócios para uma assembleia, essas empresas têm como sócio-administrador o médico Mauro Hamilton Bignardi.

Sócio do secretário-adjunto

Mauro Hamilton Bignardi é também sócio de uma outra empresa, a BP Consultoria e Gestão Empresarial Ltda. Pelo contrato social, registrado em 1º de agosto de 2012 no 4° Tabelião de Notas de São Bernardo do Campo e em 10 de agosto de 2012 na Junta Comercial de São Paulo, ele detêm 50% do capital social. Os outros 50% são de seu sócio Wilson Modesto Pollara, que ocupa atualmente o cargo de secretário-adjunto da Secretaria de Estado da Saúde, o segundo posto mais importante da pasta, que tem como titular o secretário David Uip.

A BP Consultoria e Gestão Empresarial tem sede em São Bernardo do Campo, pode criar, manter, extinguir filiais ou sucursais em qualquer ponto do território nacional e tem como objeto social as atividades de assessoria e consultoria na área de saúde, orientação e assistência operacional para a gestão do negócio em matéria de planejamento, organização, reengenharia e controle orçamentário. 

DAVIDUIP4

.

As ligações Pollara-Bignardi – ou Bignardi-Pollara, iniciais que batizam a empresa – se estendem ao litoral paulista. Ali eles já foram vistos em festas, como as do Iate Clube de Santos-Guarujá, retratadas pelo colunista social da imprensa local Welinton Andrade – da TV Unisantos e TV Guarujá. Segundo o colunista, ambos atuam no conselho administrativo do Hospital Santo Amaro.

Em 7 de janeiro passado, saiu no Diário Oficial do Guarujá que a prefeita Maria Antonieta de Brito (PMDB) nomeou Bignardi, que ocupa o posto de assessor técnico da Associação Santamarense de Beneficência do Guarujá (ASBG), mantenedora do hospital, como representante da entidade no Grupo de Trabalho Técnico de Revisão do Plano Operativo de Contratualização dos Serviços SUS com a prefeitura.

Em outubro de 2012, o Hospital Santo Amaro comprou o antigo Hospital Ana Costa, no distrito de Vicente de Carvalho, para instalar ali a unidade Santos Dumont. O negócio, segundo o HSA, foi viabilizado graças à participação de um grupo de empresários. Em entrevista à TV, conforme mostra o vídeo abaixo, falando em nome do HSA, Bignardi afirmou que a compra do antigo Ana Costa permitiria a oferta de 100 novos leitos para o SUS, que deveriam estar disponíveis a partir do primeiro trimestre de 2013. Mas, até agora, não há sequer sinais do início das obras. 


Em novembro passado, o presidente da Câmara dos Vereadores do Guarujá, Marcelo Squassoni (PRB), assinou repasse de R$ 1,5 milhão proveniente do próprio orçamento da Casa para custear a conclusão da reforma da UTI e da maternidade do Hospital Santo Amaro, que vive em crise financeira. Squassoni argumentou que “trata-se de uma verba economizada ao longo do ano e que seria revertida em favor da população”. Segundo informe da Câmara, a decisão tinha sido tomada “durante reunião com o secretário-adjunto da Saúde do Estado, Wilson Pollara, e a prefeita Maria Antonieta de Brito”. Na ocasião, a chefe do Executivo e outros vereadores presentes haviam pedido “ajuda do estado para melhorar a estrutura do HSA, assim como para garantir a reabertura do Hospital Santos Dumont (antigo Hospital Ana Costa), em Vicente de Carvalho”.

No último dia 26 de janeiro, um domingo, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou a liberação extra de R$ 108 mil mensais ao HSA, para custeio, o que corresponde a R$ 11,5 milhões por ano. Segundo o governo, o montante corresponde a 70% a mais que o repassado pelo SUS e a ajuda financeira integra o programa de auxílio às santas casas e hospitais filantrópicos do Estado de São Paulo. 

Interesses privados

Não é de hoje que a Secretaria Estadual da Saúde de Alckmin tem à frente nomes ligados a interesses privados (da iniciativa privada) e particulares (nesse caso aos próprios interesses). Em agosto do ano passado, o blog O Escrevinhador, do jornalista Rodrigo Vianna, publicou o artigo “Sai Cerri, entra Uip: a saúde de Alckmin”. O autor do texto, o editor da Revista da Associação dos Docentes da USP (Adusp), Pedro Pomar, alertava sobre os conflitos de interesses envolvendo os ocupantes da pasta. Dois meses depois, Pomar acabou processado por calúnia pelo secretário, David Uip.

Segundo o artigo, há dúvidas sobre a destinação de recursos angariados em prol do Instituto Emílio Ribas, quando Uip era diretor, e a denúncia de atuação de médico de uma de suas empresas, a Sociedade de Consultoria e Assistência Médica David Everson Uip Ltda, que teria inclusive cobrado por serviços prestados no Instituto do Coração, na época em que era dirigido por Uip.

O suposto uso do hospital público para fins particulares acabou investigado pelo TCU. Um relatório do órgão fiscalizador, publicado em 2012, não é claro quanto à comprovação dos desvios. Mas, como elenca diversas irregularidades, pode ser prato cheio para uma ação civil pública, na visão de alguns advogados ouvidos pela reportagem.

Como Bignardi, o sócio de Pollara, Uip tem algumas empresas registradas no mesmo endereço, conforme a Receita Federal. É o caso da David Uip Prestserv s/C Ltda – ME, uma microempresa que tem como ramo principal atividade médica ambulatorial restrita a consultas e amplas atividades secundárias, como realização de procedimentos cirúrgicos, exames complementares, clínicas e residências geriátricas, assistência a deficientes físicos, a imunodeprimidos e convalescentes, apoio a pacientes com câncer e aids, fornecimento de infraestrutura de apoio e assistência a pacientes no domicílio e assistência psicossocial, entre outras. 

DAVIDUIP5
 

O registro na Receita aponta que a Prestserv está localizada à Rua Vitor Costa, 275, sala 2, no Jardim da Saúde, São Paulo capital. A casa de alto padrão, como as da vizinhança, tem muros altos e uma grande janela voltada para a rua. Nada que lembre uma empresa ou escritório, exceto por um vidro preto ao lado do portão para entrada de carros, semelhante a uma guarita. O imóvel é também sede da Uip Indústria, Comércio e Prestação de Serviços em Construção Civil e Transportes Ltda e a Transportes Uip Ltda.

Outra do setor de cargas, a Transuip Transportes, Logística e Serviços Ltda, com sede em Itamarati de Minas (MG), terceiriza serviços. A empresa – que não tem site na internet, como as demais do médico-empresário – foi notícia em 19 de janeiro de 2012. Segundo a edição daquele dia do Jornal de Muriaé, 50 motoristas que prestavam serviço para a firma de São Paulo, transportando bauxita da mineradora CBA, decidiram paralisar suas atividades em Muriaé (MG), reivindicando melhorias no pagamento do frete.

O secretário tem ainda a empresa Uip Patrimonial S.A., sediada, como consta na Receita, à Rua Joel Jorge de Melo, 609, na Vila Mariana, zona sul da capital paulista. Como as demais, também não tem site na internet. Entre os objetivos da empresa está o apoio à pecuária, em especial o serviço de pulverização e controle de pragas agrícolas.

A reportagem encaminhou mensagem solicitando que o secretário de Estado da Saúde e seu adjunto se pronunciassem a respeito de informações e dúvidas aqui apontadas. Até o momento, a resposta encaminhada por meio da assessoria de imprensa é “que as denúncias são absolutamente falsas e serão respondidas na esfera judicial”.

Fonte: Cida de Oliveira, da Rede Brasil Atual


“O APORTE FINANCEIRO NÃO É PARA ERGUER PRÉDIOS. É PARA BOM ATENDIMENTO DOS PACIENTES” 
ENTENDEU O RECADO Dr. URBANO BAHAMONDE E O NOVO SEU HOSPITAL SATÉLITE. QUEM RECEBE DINHEIRO PÚBLICO, TEM QUE PRESTAR CONTAS. NÓS VAMOS ABRIR A CAIXA PRETA DO HOSPITAL SANTO AMARO E PEDIR MUITAS EXPLICAÇÕES AO GOVERNADOR E A JUSTIÇA!
.
hsaverbas
.

DOUTORES EM NEGÓCIOS. EM QUE MÃOS ESTÁ A POLÍTICA DE SAÚDE DE SÃO PAULO
ALGUÉM AINDA TEM DUVIDAS QUANTO A VENDA DO HOSPITAL SANTO AMARO A DUPLA UIP-POLLARA EM GUARUJÁ? É JUSTO A CÂMARA MUNICIPAL DEVOLVER RECURSOS, REPASSADOS À UM HOSPITAL QUE NÃO TEM SUAS CONTAS ABERTAS A POPULAÇÃO, DONA DOS RECURSOS PÚBLICOS?
 
daviduip
 

SECRETARIA DA SAÚDE DO GOVERNO ALCKMIN É COMANDADA POR MÉDICOS QUE MISTURAM SERVIÇO PÚBLICO COM INTERESSES PRIVADOS

Ao completar dez anos, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) cobre praticamente 80% da população do estado de São Paulo. Nos últimos três anos, para cada ambulância fornecida pelo governo estadual, a União cedeu quatro. No período, os recurso do orçamento para compra desses veículos foram reduzidos em 80%. Além disso, São Paulo é a única unidade da federação que não entra no rateio do financiamento do serviço, no qual União entra com metade e estados e municípios dividem os outros 50%.

No caso paulista, a parte do estado sobra para as prefeituras. A opção do governador Geraldo Alckmin (PSDB) é investir no próprio programa, o Grupo de Resgate e Atendimento às Urgências (Grau), em parceria com o Corpo de Bombeiros – corporação que também padece de falta de recursos. Em três anos, caíram também os repasses para aplicação na atenção básica, hospitalar e ambulatorial e na vigilância sanitária e epidemiológica nas cidades paulistas.

O problema chega à distribuição de medicamentos: o programa Dose Certa ficou fora do orçamento nos dois últimos anos, e uma fábrica de genéricos da Fundação para o Remédio Popular (Furp), inaugurada em 2009, em Américo Brasiliense, produz menos de 5% de sua capacidade total. Há ainda o sucateamento de serviços públicos, em especial pronto atendimento, hospitais e outras unidades, mesmo as administradas pelas organizações sociais de saúde (OSs), propaladas como exemplo de gestão. Dos 23 hospitais estaduais, 12 estão hoje nas mãos dessas entidades, cujas contabilidades não andam bem – e fica difícil se saber o porquê, pois falta transparência na prestação de contas. Ano passado, o governo destinou a elas R$ 4,6 bilhões, enquanto a administração direta no setor recebeu R$ 5,1 bilhões. Entre 2008 e 2012, os recursos para as OSs aumentaram 268%, de R$ 917 milhões para ­­­R$ 3,3 bilhões.

Com números ruins, em vez de ajustes na política o governo de São Paulo recorre a um esforço de melhorar a imagem como forma de “concorrer” com a boa avaliação do Programa Mais Médicos, do governo federal, que agora em 2014 deve levar o ministro Alexandre Padilha à disputa com Alckmin pelo Palácio dos Bandeirantes. A uma parte desse esforço os cidadãos podem assistir diariamente nas propagandas do governo veiculadas em horário nobre. Outra demonstração de empenho na melhora da imagem está na indicação de médicos renomados, com carreiras brilhantes em grandes hospitais e nas universidades e bom trânsito entre celebridades e lideranças políticas de todas as cores. Entretanto, essas indicações podem não significar necessariamente sintoma de preocupação com a saúde pública.

Conflitos de interesses

O secretário estadual de Saúde é David Everson Uip, professor de Medicina e infectologista conhecido internacionalmente. Iniciou carreira pública em 1986, como médico assistente no Instituto do Coração (Incor), que chegou a dirigir. Em 2009, tornou-se diretor do Instituto de Infectologia Emílio Ribas. Mas nunca se desligou da iniciativa privada. Que o digam amigos empresários de Uip que foram em peso prestigiar sua palestra em evento promovido no início de dezembro pela Lide, organização de lideranças empresariais presidida pelo jornalista e empreendedor João Doria Jr.. Amigos do secretário, dirigentes do Sírio-Libanês e Albert Einstein enalteceram suas fortes ligações com essas instituições. Aliás,­ seu nome continua vinculado ao Sírio por meio da Sociedade Beneficente de Senhoras, articuladora da OS que administra o Hospital Geral do Grajaú e o Serviço de Reabilitação Lucy Montoro, entre outras unidades.

No mesmo evento, à vontade, agradeceu o ex-presidente local da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP) Luiz Flávio Borges D’Urso, por defendê-lo em um processo que acabou arquivado. Não especificou qual, e há mais de um em seu currículo. Uma das empresas do secretário, a Sociedade de Consultoria e Assistência Médica David Uip Ltda., já foi pivô de suspeitas de irregularidades. Em 2005, o vendedor Wilson Gandolfo Filho levou à Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados denúncia de que o médico Rogério Zeigler, do quadro do Incor e sócio de Uip, o teria cobrado na Justiça por serviços prestados entre julho e agosto daquele ano, durante internação para tratamento de doença cardíaca.

O caso foi investigado pelo Tribunal de Contas da União (TCU), que aceitou as explicações do ex-diretor. Mas os peritos viram outras irregularidades, como falta de cotação de preços para compra de bens e serviços e de comprovantes de despesas, movimentação em conta estranha à do convênio, além de pagamento de salários e encargos da Fundação Zerbini, que ele também presidiu, e do Incor, com recursos federais, entre outros. No relatório do TCU constam os nomes de José Eduardo Rangel de Alckmin e José Augusto Rangel de Alckmin, primos de Alckmin, entre os defensores constituídos nos autos.

Outro processo que D’Urso pode ter arquivado seria o que decorreu de suspeitas numa campanha para angariar recursos para o Instituto Emílio Ribas. Em novembro de 2009, Uip avalizou, juntamente com o então prefeito paulistano, Gilberto Kassab, a campanha “A cara da vida”, criada pela apresentadora Adriane Galisteu em gratidão ao hospital que tratou seu irmão soropositivo. O empresário Alexandre Iódice, hoje marido de Galisteu, produziu inicialmente 5.200 camisetas para doar à campanha. Como lembra um colega da área, Uip autorizou o uso do nome da instituição para captar dinheiro, mas não se sabe quanto foi arrecadado nem quem fiscalizou a destinação. Em reuniões, Uip teria dito que depositou o dinheiro em sua conta por gozar de confiança dos envolvidos.

Guarujá – Em Guarujá, onde tem casa de praia, pretensões políticas e proximidade com autoridades, o infectologista é chamado de Dr. Negócios. Segundo registros na Receita Federal e na Junta Comercial de São Paulo, Uip é sócio de diversas empresas, como a David Uip Prestserv, a Uip Indústria, Comércio e Prestação de Serviços em Construção Civil e Transportes Ltda., a Uip Patrimonial S/A e a Transuip Transportes, Logística e Serviços Ltda. Mas a alcunha deve-se a uma tentativa do secretário, em 2009, de adquirir o único hospital do município, o Santo Amaro – negócio barrado pela Câmara Municipal.

A minuta do contrato que seria celebrado entre a mantenedora Associação Santamarense de Beneficência do Guarujá (ASBG) e a Sociedade de Consultoria e Assistência Médica David Uip Ltda., cuja cópia foi obtida no Legislativo local, rezava, entre outras coisas, que ele teria autonomia durante 35 anos, podendo até construir alas particulares e mudar o nome do hospital. Como lembra o jornal A Tribuna, de Santos, Uip – que havia assumido a direção do Emílio Ribas no começo daquele ano – “chegou a alinhavar com a Secretaria de Estado da Saúde uma parceria visando um auxílio financeiro para o Santo Amaro”. Seu sonho de ter um hospital em Guarujá acabou realizado, de maneira indireta, em junho passado, quando foi inaugurada filial do instituto de infectologia no distrito de Vicente de Carvalho, em prédio cedido pela prefeitura. 

Iate Clube

Mais discreto, o secretário-adjunto, o cirurgião Wilson Modesto Pollara, já dirigiu o Instituto Central do Hospital das Clínicas de São Paulo e o São Camilo, da rede privada. Pollara parece avesso a badalações. Mas nem sempre é possível escapar de eventos sociais. Um deles, uma festa no Iate Clube do Guarujá, rendeu-lhe na coluna social de um jornal local uma foto ao lado de um velho amigo: o colega de profissão Mauro Hamilton Bignardi. Conforme legenda em reportagem do blogueiro e colunista social Welinton Andrade, ambos estão na ASBG, a que quase vendeu o hospital Santo Amaro a Uip.

Pollara e Bignardi são também sócios na BP Consultoria e Gestão Empresarial Ltda. A empresa aberta em 12 de julho de 2012, com sede em São Bernardo do Campo, na região do ABC, fornece “assessoria e consultoria na área da saúde, orientação e assistência operacional para gestão do negócio, em matéria de planejamento, organização, reengenharia, controle orçamentário”. Embora seu nome não apareça entre os diretores, Pollara é sócio também da empresa Intensimed Cuidados Médicos Intensivos, criada para prestar serviços de medicina intensiva, captação de recursos humanos, organizar rotinas assistenciais e assessorar áreas de desenvolvimento tecnológico.

Bignardi tem ainda outras empresas. É sócio da Essencial Participações e Construções Ltda. e da Serra do Mar Mineradora Ltda.. Aparece também como sócio-diretor das empresas Cubatão Serviços Médicos, Guarujá Serviços Médicos, Praia Grande Serviços Médicos e São Vicente Serviços Médicos, que tiveram seus contratos com a prefeitura de Itapetininga investigados pelo Tribunal de Contas. Segundo o Correio de Itapetininga noticiou em dezembro de 2012, todas prestavam serviços praticamente exclusivos para a OS Serviço de Assistência Social e Saúde (SAS). Além do Hospital Regional de Itapetininga, a OS administrava unidades em Americana, Araçariguama, Vargem Grande Paulista, São Miguel Arcanjo e São Paulo.

O esquema foi investigado pelo Ministério Público paulista, que no último 6 de dezembro encaminhou à Justiça o inquérito da chamada Operação Atenas. Até agora, o nome dos envolvidos não foi divulgado. São informações a se prestar atenção nas próximas semanas, para que se possa conferir em que medida a qualidade curricular das autoridades em saúde do Estado está a serviço do serviço público. Ou se há interesses privados a contaminá-las.

Fonte: Revista Brasil Atual 


anniversary
 
MÉDICO DEIXA DEFICIENTE NA SALA DE REPOUSO, VAI TIRAR UM COCHILO E A CRIANÇA MORRE POR FALTA DE ATENDIMENTO NO HOSPITAL SANTO AMARO, O AÇOUGUE DO GUARUJÁ!
 
.

anniversary
 
PRÓTESE COLOCADA NO HOSPITAL SANTO AMARO CAUSA PROBLEMAS GRAVES EM PACIENTE!!!
 
.

anniversary
 
PREFEITURA DE GUARUJÁ OBRIGA HOSPITAL SANTO AMARO A AUMENTAR O NUMERO DE LEITOS!
 
.

QUANTAS VEZES JÁ LEMOS ESTA NOTÍCIA E QUANTAS VEZES VAMOS LER A MESMA NOTÍCIA NO ANO DE 2014!
VOLTARAM A DERRAMAR DINHEIRO NUM HOSPITAL QUE NÃO PRESTA CONTAS À NINGUÉM. O NUMERO DE FUNCIONÁRIOS É EXCESSIVO, PELO ATENDIMENTO QUE OFERECEM. ATÉ QUANDO VAMOS ASSISTIR BEBES, CRIANÇAS, IDOSOS, MORREREM POR FALTA DE ATENDIMENTO MÉDICO DE UM HOSPITAL?
 
bebehsa
.
ESSE HOSPITAL DO GUARUJÁ, É A MESMA COISA QUE NADA. HOJE TIVEMOS UMA PERDA, UM BEBÊ DE APENA 1 ANINHO, POR FALTA DE ATENDIMENTO MÉDICO, POR FALTA DE PEDIATRAS, QUANTAS CRIANÇAS, QUANTOS ADULTOS PRECISAM MORRER NO CORREDOR DO HOSPITAL PRA SENHORA ANTONIETA TOMAR ALGUMA PROVIDÊNCIA?
AS FAMÍLIAS QUE PERDERAM SEUS PARENTES MEUS SENTIMENTOS, E A FAMÍLIA DESSE GAROTO QUE TÃO JOVEM QUE SE FOI, ENTREGO MEUS SENTIMENTOS. 
 
ESSE TEXTO POUCOS DEVEM TER CHEGADO AO FINAL, POIS QUEM VÊ, NÃO DÁ MINIMO INTERESSE, MAIS HOJE FOI UMA FAMÍLIA, AMANHÃ PODE ACONTECER COM ALGUÉM QUERIDO DA SUA FAMÍLIA, PENSE BEM, TEMOS QUE AGIR, NÃO PODEMOS FICAR PARADOS SÓ NA ESPERANÇA DE TUDO MUDAR SOZINHO. 
 
NÃO FIZ ESSE TEXTO PARA GANHAR CURTIDAS, MUITO MENOS FAMA E COMPARTILHAMENTOS, MAIS O QUE ACONTECEU HOJE, REVOLTO ALGUNS CIDADÃOS DO GUARUJÁ. TRISTES REALIDADES!! 
 
FACEBOOK: ANA AMÂNCIO
.

A VERBA JÁ ESTÁ LIBERADA, QUEM VAI FISCALIZAR O HOSPITAL SANTO AMARO?
UMA ENTIDADE QUE RECEBE VERBAS PÚBLICAS DEVE SER FISCALIZADA COM LENTE DE AUMENTO. SALÁRIOS DOS DIRETORES, NUMERO DE EMPREGADOS E ONDE E COMO OS RECURSOS ESTÃO SENDO APLICADOS. QUEM ESTÁ FAZENDO ISSO NO GUARUJÁ, SENHORES?
 
santoamaro
 
PRINCIPALMENTE O GRANDE NUMERO DE FUNCIONÁRIOS QUE CRESCEU MUITO, O PLANO DE SAÚDE QUE DESAPARECEU JUNTO COM UMA FACULDADE DE ENFERMAGEM E MUITO PATRIMÔNIO CONSTRUÍDO PELO FALECIDO PADRE DON DOMÊNICO.
.

QUEREMOS O PROTOCOLO! QUEREMOS O NOME DO MÉDICO! QUEREMOS O BEBÊ!
AFINAL, PARTO DE CRIANÇAS NO HOSPITAL SANTO AMARO TEM MUITAS HISTÓRIAS E LENDAS URBANAS. ANTES O FÓRCEPS DO QUE A LENDA DO FACÃO NÃO É MESMO? SERÁ QUE REALMENTE OS NOSSOS JAPONESES SÃO MELHORES QUE OS OUTROS?
 
criançanascimento
.
PARA NÃO PERDER A VIAGEM, E O MÉDICO QUE DORMIU MAIS 30 MINUTOS E A CRIANÇA AUTISTA MORREU DE PNEUMONIA, JÁ RESPONDEU O PROCESSO CRIMINAL? O TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODERIA FAZER UM CONVÊNIO IGUAL AO DOS AEROPORTOS E ABRIR UM “JUIZADO ITINERANTE” NO HOSPITAL SANTO AMARO! 
.

PREFEITA MARIA ANTONIETA DE BRITO, PROMETEU HOSPITAL NA CAMPANHA, NÃO CUMPRIU E AGORA PRESIDENTE DA CÂMARA TEM QUE TRABALHAR PELO POVO!
MAS A CÂMARA MUNICIPAL PODERIA EXERCER SUA PRINCIPAL FUNÇÃO LEGISLATIVA E CASSAR A PREFEITA POR ENGANAR A POPULAÇÃO, BRINCAR COM A FÉ DA POPULAÇÃO, INDUZIR AO VOTO, PROMETENDO EM MATERIAL DE CAMPANHA UM HOSPITAL ENTREGUE QUE NÃO FOI ENTREGUE, NÃO É MESMO PRESIDENTE?
 

…QUE DINHEIRO SEQUESTRADO PRESIDENTE? A PREFEITA ESPALHOU AOS QUATRO VENTOS QUE EVITOU O SEQUESTRO DE MAIS DE 40 MILHÕES, NÃO É MESMO JOSÉ FORTE FILHO?

.
…ENTÃO VAMOS LOUVAR A PREFEITA JOSÉ FORTE, QUEREMOS O HOSPITAL PROMETIDO NA CAMPANHA DE 2012…”
.
.

QUEM VIU O JORNAL NA MESA DO PRESIDENTE DA CÂMARA? NÓS VIMOS, O JORNAL MAIS LIDO EM GUARUJÁ É CLARO!.

marcelohospital


DR. URBANO BAHAMONDE, ATENDA O TELEFONE AI, É A RÁDIO BANDEIRANTES!
PRESIDENTE DA SOCIEDADE SANTAMARENSE, COMANDANTE DO HOSPITAL SANTO AMARO, É MOTIVO DE CRITICA NA RÁDIO BANDEIRANTES DE SÃO PAULO!
 
urbano bahamonde
CLIQUE NA FOTO E OUÇA O ÁUDIO DA RÁDIO BANDEIRANTES
 
SERÁ QUE O DR. URBANO ESTÁ NO SEU INFERNO ASTRAL, DR. MARCELO AUGUSTO?
.

FOFOCAS & BOATOS
COM A PALAVRA O HOSPITAL SANTO AMARO E O Dr. URBANO BAHAMONDE!
“RUMORES E BURBURINHOS” NA CIDADE, DÃO CONTA QUE A EQUIPE DE VASCULARES DO HOSPITAL SANTO AMARO PAROU NESTA MANHÃ, O MOTIVO SERIA O ATRASO NOS SALÁRIOS DEVIDO AO NÃO PAGAMENTO DOS ATRASADOS PELA PREFEITURA DE GUARUJÁ. SERÁ QUE É VERDADE AMIGOS E VEREADOR HUGO DUPPRE (PSDB)?
 
médicosvasculares
 
REALMENTE EM GUARUJÁ, DEUS DÁ PLANTÃO DE 24 HORAS SEM VENCIMENTOS!
.

Dr. URBANO BAHAMONDE MANSO, PRECISAMOS CONDECORAR ESSE CIDADÃO COM A ORDEM DOS FILANTROPOS!
Dr. URBANO PEDE DEMISSÃO DA CÂMARA DE SANTOS, CARGO RENUMERADO, PARA EXERCER A FUNÇÃO DE DIRETOR PRESIDENTE DO HOSPITAL SANTO AMARO, SEM SALÁRIOS E BENEFÍCIOS.
 
urbano bahamonde
 
Assessor de Duppre deixa cargo na Câmara
Diretor do HSA, Urbano Bahamonde Manso pediu exoneração no dia 4
Jornal Diário do Litoral – Carlos Ratton
.

Como no jargão do filme brasileiro Tropa de Elite, o assessor parlamentar do vereador Hugo Duppre (PSDB), que acumulava o cargo de diretor-presidente do Hospital Santo Amaro (HSA), em Guarujá, pediu para sair. A exoneração de Urbano Bahamonde Manso ocorreu, conforme informações extraoficiais, por conta da pressão popular e política dos últimos dias.

O vereador Hugo Duppre enviou nota ao DL, por meio de sua assessoria de imprensa, comentando a saída de Manso. “Entendo a opção pessoal do assessor pela exoneração como correta. Principalmente porque reforça o conceito da transparência, necessário no exercício da política. Tenho que ressaltar que não houve nenhuma ilegalidade na sua atuação como assessor parlamentar, durante os seis meses de trabalho que prestou em meu gabinete.

A decisão dele decorre da sua atividade nos últimos seis anos no Hospital Santo Amaro, cargo pelo qual não recebe nenhuma remuneração por se tratar de uma entidade de benemerência do município do Guarujá”.

Repercussão do caso

Depois da publicação, uma verdadeira enxurrada de manifestações ocorreu via redes sociais. Nos bastidores políticos, tanto de Guarujá quanto de Santos, pessoas se mostravam inconformadas com as declarações de Duppre e de seu assessor de “peso”. O caso chegou a ser denunciado ao Ministério Público.

Desligamento

Até pouco tempo Duppre garantia que como se tratava de cargo em comissão, Bahamonde poderia ser desligado caso o gabinete entendesse que sua produtividade ou o fato de acumular a função de direção no Santo Amaro pudesse comprometer seu trabalho parlamentar.

Atuação política

Por seu lado, Urbano Bahamonde Manso havia declarado à imprensa que sua atuação no hospital seria política; que são os diretores, e não ele, que tocam a unidade; que não recebe salário e que, por não ter vínculo empregatício, é dispensado de cumprir expediente.

O que ajudou para esquentar os ânimos em ambas as cidades.

Em notas encaminhadas pelas assessorias de imprensa, o presidente da Câmara de Santos, Sadao Nakai (do partido de Duppre), minimizou o imbróglio enfatizando que o controle da frequência dos assessores é competência dos vereadores.

A Prefeitura de Guarujá informou que o presidente do HSA atua voluntariamente, não tendo obrigatoriedade de cumprir horário de expediente comercial, diferentemente dos funcionários e diretores da instituição.


CONHEÇA O PROGRAMA MUNICIPAL DE SAÚDE DE QUALIDADE PARA TODOS!
PREFEITA DE GUARUJÁ ESTÁ MUITO PREOCUPADA COM A SAÚDE PUBLICA, VEJAM COMO NOSSO DINHEIRINHO DOS IMPOSTOS É APLICADO EM GUARUJÁ.
.
hsapmg
 
AGORA A GRANDE QUALIDADE DO INVESTIMENTO EM SAÚDE PÚBLICA:
 

A FAMÍLIA DOS MORTOS NO HOSPITAL SANTO AMARO, AGRADECEM A PREFEITA MARIA ANTONIETA DE BRITO!
.

PEGOU MAL VEREADOR HUGO DUPPRE!
FINAL DE SEMANA É RECHEADO DE CRÔNICAS SOBRE A CONTRATAÇÃO DO DIRETOR-PRESIDENTE “SEM SALÁRIO”, DO HOSPITAL SANTO AMARO, O FILANTROPO URBANO BAHAMONDE MANSO.
 
urbanojornaldaorla
 
QUANDO PENSAMOS QUE JÁ VIMOS TUDO, NOSSOS POLÍTICOS NOS SURPREENDEM!
 

NOMEAÇÃO EM SANTOS DO Dr. URBANO BAHAMONDE MANSO, TUDO EXPLICADO, TUDO CERTINHO, MAS…
…NINGUÉM VAI CONTAR SOBRE O JANTARZINHO QUE ESTAVAM PRESENTES UM PREFEITO CACIQUE DE PARTIDO, UM VEREADOR DO GUARUJÁ E O VEREADOR QUE SELOU A CONTRATAÇÃO DO DIRETOR DO HSA E A CONTRATAÇÃO DA ESPOSA DO VEREADOR DE GUARUJÁ NO GABINETE DE DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DE SÃO PAULO?
 
urbanotribuna
 
DR. URBANO BAHAMONDE, UM FILANTROPO DE GUARUJÁ, PODERIA ADVOGAR GRATUITAMENTE PARA ALGUMAS INSTITUIÇÕES DE CARENTES EM GUARUJÁ QUE PAGAM MUITO POR UM BOM ADVOGADO!
 

UM DIA A SAÚDE DE GUARUJÁ FUNCIONARÁ COMO A POLÍTICA DE SANTOS!
HOSPITAL SANTO AMARO NA NOITE DE ONTEM, DISPUNHA APENAS DE UM MÉDICO NO PLANTÃO E DEZENAS DE PESSOAS RECLAMAVAM DURANTE A ESPERA.
 
page0001_l
 
VEREADOR HUGO DUPPRE (PSDB), AJUDA O GUARUJÁ, LIBERE O NOSSO PRESIDENTE!
.

VEREADOR HUGO DUPPRE (PSDB), MANDE SEU ASSESSOR PARLAMENTAR URGENTE PARA O HOSPITAL SANTO AMARO, AJUDE OS MÉDICOS VEREADOR TUCANO SANTISTA!
MÉDICO DENUNCIA ATRASO NOS SALÁRIOS DO HOSPITAL SANTO AMARO DESDE ABRIL, DESERÇÃO DE MAIS DE 15 MÉDICOS DA PEDIATRIA E PARENTES DE PACIENTES FALAM DA SUJEIRA DO HOSPITAL.
 

SERÁ QUE EXISTE ALGUMA AUTORIDADE CONSTITUÍDA QUE PODERIA INVESTIGAR AS DENUNCIAS DO MÉDICO OU CONTINUAREMOS À ASSISTIR CRIANÇAS MORRENDO NO HOSPITAL SANTO AMARO?
.

MAIS UMA DENUNCIA DE NEGLIGÊNCIA CONTRA A HOSPITAL SANTO AMARO.
MÃE DE CRIANÇA DE DOIS ANOS DENUNCIA FALTA DE DIAGNÓSTICO E PROBLEMAS DE ATENDIMENTO EM CASO GRAVE DE ENCEFALITE QUE FOI TRATADA COMO UMA MERA DOR DE GARGANTA. DEPOIS OS MÉDICOS E A DIREÇÃO NÃO QUER O PROTESTO DOS BÚFALOS NA PORTA DO HOSPITAL(?).
 
 
…ENQUANTO ISSO O PRESIDENTE DR. URBANO BAHAMONDE VAI ASSESSORANDO O VEREADOR HUGO DUPPRE EM SANTOS!
.

DR. URBANO BAHAMONDE MANSO, VOSSA SENHORIA DEVERIA GANHAR A MEDALHA DO TRABALHO DA CÂMARA DE GUARUJÁ OU DA CÂMARA DE SANTOS!
NOSSAS TAINHAS ESPIÃS DESCOBREM QUE O HOSPITAL SANTO AMARO DEVE ESTAR PAGANDO MAL O PRESIDENTE DA SOCIEDADE SANTAMARENSE, AFINAL, ALÉM DE PRESIDENTE, GESTOR, PROVEDOR, ADVOGADO, DR. URBANO AINDA TEM UM TEMPINHO PARA DAR EXPEDIENTE NA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTOS.
 
URBANOBAHAMONDE
 
SERÁ QUE A SAÚDE DO GABINETE DO VEREADOR HUGO DUPPRE VAI BEM? 
.

ELES OPERAM O JOELHO ERRADO, O MÉDICO VAI COCHILAR E MORRE UMA CRIANÇA AUSTA DE PNEUMONIA SEM ATENDIMENTO. O QUE SERÁ QUE ELES CHAMAM DE HOSPITAL FIZERAM DESTA VEZ EM GUARUJÁ?
FAMÍLIA DE PACIENTE ACUSA ERRO MÉDICO NO HOSPITAL SANTO AMARO, GUARUJÁ
 
hospital santo amaro
.
PACIENTE DEU ENTRADA PARA OPERAR JOELHO E ACABOU NA UTI COM EMBOLIA PULMONAR
Jornal Diário do Litoral 
.

A família da enfermeira Jaquelane Silva Oliveira está cobrando explicações da direção do Hospital Santo Amaro, em Guarujá. Internada no último dia 10 para uma cirurgia de artroscopia de joelho – corrigir alteração na articulação – Jaquelane acabou, segundo parentes, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com uma embolia pulmonar – obstrução das artérias dos pulmões por coágulos e problemas cardíacos (coração).

A direção do HSA está investigando a situação e até ontem não havia como afirmar o que pode ter ocorrido. Porém, a direção garante que a operação teria sido um sucesso e que a atual situação não estaria relacionada à cirurgia e nem a anestesia, e sim à evolução clínica da própria paciente.

Segundo o irmão da enfermeira, Jerry Silva Oliveira, a família quer saber o que ocorreu o mais rápido possível. “Ela teve alta e, no dia seguinte, caiu na UTI. A família está sem saber o que ocorreu”.

Outro irmão, Jeferson Pereira de Oliveira, ameaça processar o HSA. Ele afirma ter informações de que houve falha na aplicação da anestesia geral e que ela não chegou a sair do hospital. “Minha irmã não está pelo SUS (Sistema Único de Saúde), mas sim, pela Unimed. Vou pedir a transferência dela para a Santa Casa de Santos e, com uma procuração dela, processar o Santo Amaro”.

Segundo a direção do HSA, a paciente fez a primeira internação no dia 10, o ato cirúrgico ocorreu com sucesso sem qualquer intercorrência, ela voltou para casa no dia seguinte e cinco dias depois, dia 16, retornou ao hospital com problema respiratório. “Temos por conduta, não divulgar nomes de profissionais envolvidos neste processo, pois a investigação diagnóstica ainda está em curso”, informou em nota o HSA.


FORÇA-TAREFA DO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA PASSA PELO GUARUJÁ E ADIVINHEM A VELHA NOVIDADE: HOSPITAL SANTO AMARO É REPROVADO!
58% DOS HOSPITAIS PÚBLICOS DE SP TÊM MACAS NOS CORREDORES
 
santoamarocremesp

 

Macas nos corredores, dificuldade para transferir pacientes, equipes médicas incompletas e falta de materiais básicos. Esse foi o cenário encontrado pelo Cremesp (Conselho Regional de Medicina de SP) na maioria dos prontos-socorros públicos vistoriados pelo órgão no Estado.

Uma força-tarefa do conselho visitou no começo do ano 71 hospitais em São Paulo, geridos por municípios, Estado, entidades filantrópicas (como Santas Casas) e entidades privadas conveniadas (como Organizações Sociais) e detectou que 58% deles tinha macas nos corredores.

Segundo os conselheiros, durante a visita foi detectada a existência de pacientes que já esperavam havia dias nessa situação. “A superlotação dos hospitais leva as pessoas a ficarem até cinco dias em uma maca no corredor”, afirmou Renato Azevedo Júnior, presidente do conselho.

O problema mais comum, no entanto, foi a dificuldade de encaminhar pacientes para serviços de referência (hospitais mais especializados), o que é importante, principalmente para casos mais graves. Isso foi verificado em seis de cada dez hospitais visitados.

As visitas, feitas entre fevereiro e abril deste ano, também apontaram que em 59% das salas de emergência faltava algum tipo de material básico e que 28% dessas salas não têm estrutura adequada para o atendimento. Em cinco de cada dez hospitais não havia médicos chefes de plantão.

Além disso, 32% dos prontos-socorros visitados não fazem classificação de risco, em que se prioriza os atendimentos mais graves. Desta forma, pacientes em situação mais crítica, que deveriam ser atendidos com urgência, acabam esperando mais tempo do que deveriam, diz o conselho.

CAMPANHA

Os dados vão subsidiar uma campanha que começa a ser feita nesta terça-feira (4) pelo Cremesp, com cartazes e inserções em rádios e emissoras de TV.

O material pretende alertar a população e as autoridades para o problema dos prontos-socorros públicos no Estado, explicam os conselheiros.

“É um grave problema de saúde pública, que diz respeito ao Ministério da Saúde, às prefeituras e ao Governo do Estado”, afirma Azevedo. “O financiamento para a saúde pública não é adequado”, diz.

OUTRO LADO

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, a superlotação em algumas unidades se deve, na maioria dos casos, à falta de estrutura das redes básicas de saúde de alguns municípios.

Em nota, a pasta afirmou que pacientes que “poderiam ter seus problemas de saúde, mais simples, resolvidos em unidades municipais, de baixa complexidade, não conseguem atendimento e acabam indo para hospitais estaduais, que realizam, em sua maioria, assistência de alta e média complexidades.”

A boa resolutividade das redes básicas de saúde municipais, no atendimento a casos mais simples, é fundamental para que hospitais especializados e de maior complexidade, como os estaduais, não sejam sobrecarregados.

A secretaria afirmou que não faltam materiais nos prontos-socorros estaduais e destacou ainda que tem investido cada vez mais em suas unidades próprias, ampliando e modernizando os serviços oferecidos, e contratando novos médicos para ampliar a assistência à população.

“Sobre a escassez de profissionais médicos na rede pública de saúde, esta é uma realidade que afeta hospitais em todo o Brasil, não somente de SP”, completou a pasta em nota.

Fonte: Jornal Folha de São Paulo


INVESTIGAÇÃO DO HOSPITAL SANTO AMARO PELA CÂMARA MUNICIPAL DE GUARUJÁ MORREU COMO VÁRIOS PACIENTES NOS ÚLTIMOS ANOS!
GOVERNO FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL CONTINUAM APLICANDO DINHEIRO NUM HOSPITAL QUE É UMA VERDADEIRA CAIXA PRETA NA ILHA DE SANTO AMARO.
 
DL 03-page-001
 
E O HOSPITAL SANTO AMARO NA SANTOS DUMONT? MORREU DE DENGUE, H1N1 OU DE PROMESSA ELEITORAL MESMO?
 

ENQUANTO OS PREFEITOS ESTÃO PREOCUPADOS COM AEROPORTO, REFORMA DE ESTÁDIO MUNICIPAL, MUSEU PELÉ, OS ELEITORES CONTINUAM PERECENDO NOS POSTOS DE SAÚDE E HOSPITAIS PÚBLICOS!
FALTAM VAGAS E A MAQUINA DE CATETER QUEBRADA? PELOTÃO DE FUZILAMENTO É POUCO PARA QUEM DEIXOU MORRER UM BEBÊ SEM CUMPRIR O MANDATO JUDICIAL E UM DOS RESPONSÁVEIS VEIO À TV FALAR BOBAGENS NÃO É MESMO Dr. DAVI UIP.
 
saudeemergencia
 
AS MAIS DE 250 MORTES NO PÂNICO (PAM), SERÁ QUE ALGUMA AUTORIDADE UM DIA INVESTIGARÁ E RESPONSABILIZARÁ OS CULPADOS EM GUARUJÁ?
.

A PREFEITA DE GUARUJÁ DIVIDE OS POBRES MORADORES EM DUAS CLASSES: INSTRUMENTOS E INIMIGOS.
JOVEM DE GUARUJÁ COM 24 ANOS ESTÁ COM CISTO GIGANTE NA BARRIGA HÁ MAIS DE UM ANO. CISTO ESTÁ COM MAIS DE 20 CENTÍMETROS E MULHER NÃO CONSEGUE CIRURGIA NO GUARUJÁ.
 
 
CISTO FAZ BARRIGA DE JOVEM CRESCER SEM PARAR: “ACHAM QUE ESTOU GRÁVIDA”
Ivair Vieira Jr – G1 Santos
.

Uma jovem de 24 anos, moradora de Guarujá, está há cerca de um ano com um cisto no ovário e, até agora, não conseguiu atendimento na rede pública de saúde para solucionar o problema. A paciente alega que foi tratada com descaso por vários médicos que a atenderam. Por conta da doença, a barriga da paciente cresceu tanto que ela é constantemente confundida com uma mulher grávida. O caso foi postado em uma rede social e várias pessoas se propuseram a ajudá-la.

Gislaine Barbosa da Silva é balconista e tem uma filha de dois anos. Ela conta que começou a desconfiar que havia algum problema em fevereiro de 2012. “Eu passei a notar que a minha barriga começou a crescer. Minha mãe marcou duas vezes para ir no médico, mas eu não fui para não faltar no serviço. Fui deixando e as pessoas me falavam que era o começo de uma gravidez, mas eu sabia que não era. Eu usava uma cinta, por achar que era gordura, até que chegou uma hora que nem a cinta escondia e começou a doer”, explica.

Além das dores físicas, principalmente na barriga e nas pernas, Gislaine também sofre com as brincadeiras e o fato de sempre a confundirem com uma mulher grávida. “Minha vida virou um caos. Eu não consigo trabalhar há 15 dias. Todo mundo no serviço perguntava se eu estava grávida, queriam me dar carrinho de bebê e até roupas. No começo eu levava na brincadeira, dava risada, mas agora dói muito. Toda hora alguém pergunta. Até hoje tem gente que não acredita”, lamenta.

A jovem só fez a primeira consulta em novembro de 2012, em Guarujá. “Minha mãe marcou um médico de novo. Como eu estava de férias, acabei indo em um clínico geral. Ele ficou admirado com o tamanho da minha barriga e perguntou se eu poderia fazer um exame de ultrassom particular, porque pelo SUS ia demorar muito. Fiz no dia seguinte e três dias depois voltei no mesmo médico. Ele disse que o cisto estava com 23 centímetros, mas não conseguiu identificar em que órgão estava localizado. Em seguida ele me mandou fazer exames pré-operatórios e, depois, fui encaminhada para o Hospital Guilherme Álvaro, em Santos”, conta.

Segundo Gislaine, foi no hospital de Santos que ela começou a ser tratada com descaso. “Lá me encaminharam para um cirurgião que operava cisto de pele. Ele perguntou o que eu estava fazendo ali e se eu estava grávida. Quando eu disse que era um cisto, ele riu da minha cara e não acreditou. Depois pediu para eu marcar com outra médica. Me mandaram para uma que opera hérnia, que também não me atendeu. Depois marcaram com um ginecologista, mas havia data disponível apenas para junho. Só no dia 2 de abril, quando minha tia pagou um médico particular, consegui descobrir que o cisto era no ovário esquerdo”, relata.

Com os exames na mão, Gislaine voltou ao Guilherme Álvaro e, segundo ela, mais uma vez foi mal atendida. “O médico não olhou na minha cara e disse que só operava câncer. Depois a recepcionista disse que quem fazia esse tipo de cirurgia pediu demissão há um ano e não tinha mais ninguém que fazia isso. Teria que recorrer à Secretaria de Saúde de Guarujá para tentar a cirurgia”, diz.

Gislaine está indignada com o desdém. “Os poucos médicos que me trataram bem disseram que o caso era urgente, mas na recepção falaram que nada é urgente. A médica que fez o exame transvaginal ficou assustada com o tamanho do cisto. Ela não conseguiu chegar até o final dele e disse que já está perto do estômago. Um outro médico disse que deve ter uns 10 litros de líquido na minha barriga”, descreve a jovem.

Agora, Gislaine espera ser atendida no Hospital Santo Amaro, em Guarujá, para onde encaminhou todos os exames que fez até então. “Estou esperando uma resposta, mas por enquanto ninguém me passou nada, nenhuma definição, nenhuma data. Não aguento mais. Já passei por vários médicos e hoje não consigo nem segurar minha filha”, relata.

Rede social

A auxiliar administrativa Flávia Cesar Amaral postou uma foto de sua prima Gisleine, juntamente com um texto explicativo, em uma rede social na internet. Em poucos dias, a repercussão foi grande, surpreendendo as duas. “Depois que a minha prima postou na web, várias pessoas se dispuseram a ajudar. Até médicos. Mas até agora não tenho certeza de nada. Já ofereceram até vaquinha para pagar uma cirurgia particular”, conta Gislaine.

Flávia diz que teve a ideia por não aguentar mais ver o estado da prima. “A princípio, eu nem esperava que tanta gente fosse compartilhar. Talvez se tivéssemos essa ideia antes, o problema dela já teria até sido resolvido. E também é uma maneira de alertar as pessoas. Tem muita gente passando por isso e sofrendo com o mesmo preconceito”, conclui.

Cisto

De acordo com especialistas, os cistos ovarianos são frequentes nas mulheres em idade reprodutiva e, na maioria das vezes, são achados em exames ginecológicos de rotina. Os cistos volumosos, que alcançam diâmetros superiores a 15 centímetros, são mais raros, mas existem. Nessa condição, as dores são comuns, devido à compressão nos órgãos vizinhos, e há um aumento do volume abdominal, muitas vezes confundido com gestação.

Outro lado

Por meio de nota divulgada pela sua assessoria de imprensa, o Hospital Guilherme Álvaro esclarece que não procede a informação de que a paciente não recebeu atendimento adequado na unidade. O hospital afirma que ela foi atendida e avaliada em todas as ocasiões em que compareceu ao local, foi encaminhada para outras especialidades, de acordo com os resultados das avaliações. Ainda segundo a nota, a paciente foi atendida na última segunda-feira (29) por um ginecologista, quando foi pedido um exame de ultrassom, que está agendado para a próxima semana, na própria unidade. O hospital informa, ainda, que todos os profissionais são orientados a tratar os pacientes com respeito e cordialidade. Tal orientação será reforçada. A unidade se coloca à disposição da paciente para quaisquer esclarecimentos.


PAM-RODOVIÁRIA FAZ MAIS UMA VÍTIMA!
FAMÍLIA DE VÍTIMA DE DENGUE ACUSA O PAM-RODOVIÁRIA DE NEGLIGÊNCIA NO ATENDIMENTO AO PORTADOR DE DENGUE. MULHER DE 44 ANOS MORRE NO HOSPITAL SANTO AMARO APÓS UMA SEMANA DE SOFRIMENTO.
 
 
COMO MAIS UMA CASO DE MORTE DO PAM-RODOVIÁRIA, COMO SEMPRE A TERRA ENCOBRIRÁ A VERDADE!
.

vagasuti
.

A PREFEITA DO FAZ-DE-CONTA!
ENQUANTO A PREFEITA MARIA DE BRITO FAZ FESTA PARA O MINISTRO DOS ESPORTES, PENSANDO EM GASTAR 23 MILHÕES NO ESTÁDIO SUCATÃO, GESTANTE LUTA PARA NÃO PERDER BEBÊ POR FALTA DE VAGA EM HOSPITAL…
 
gestanteuti
 
ENQUANTO NÃO MORRER UM PARENTE DE UMA AUTORIDADE EM GUARUJÁ, A POBRE POPULAÇÃO CONTINUARÁ PERECENDO!
 

GUARUJÁ, RUMO AO PENTACAMPEONATO DE MORTALIDADE INFANTIL!
NÚMEROS “OFICIAIS” DA MORTALIDADE INFANTIL EM JANEIRO SÃO DE 11,4, MAS ACREDITEM OS NÃO-OFICIAIS SÃO ASSUSTADORES, IMPUBLICÁVEIS.
 
mortalidade
 
NO GUARUJÁ, “SER MÃE REALMENTE É PADECER NO PARAÍSO”, PRINCIPALMENTE SE O BEBÊ SOBREVIVER!
 

POPULAÇÃO DENUNCIA HOSPITAL SANTO AMARO POR FALTA DE ATENDIMENTO!
FAMILIARES E PACIENTES JÁ SENTEM SAUDADES QUANDO O HOSPITAL OPERAVA O JOELHO ERRADO, AGORA PACIENTES MORREM SEM A CIRURGIA NO HOSPITAL.
 

ATÉ O JORNAL HOJE DA REDE GLOBO DENUNCIOU O HOSPITAL DO DR. BAHABOTAS!
.

RETIREM A BALA DO ROMÁRIO!
FAMÍLIA DE HOMEM BALEADO DESDE O REVEILLON FAZ PROTESTO NA PORTA DO HOSPITAL SANTO AMARO. O HOMEM ESTÁ BALEADO, O HOSPITAL ALEGA QUE NÃO É CASO DE CIRURGIA DEVIDO AO ALOJAMENTO DO PROJETIL. COMO A BALA VAI SAIR, POR OBRA DO ESPIRITO SANTO? 
 
.

Segundo a polícia, homem tentou assaltar o soldado que estava à paisana. Suposto crime aconteceu em uma festa de Réveillon.
G1 – TV Tribuna

Amigos e parentes de um rapaz de Guarujá, no litoral de São Paulo, denunciam que ele foi baleado durante uma festa de ano novo por um policial militar após discussão. PM diz que policial reagiu a uma tentativa de assalto. Jovem está internado no hospital Santo Amaro desde o dia 1º de janeiro.

Na tarde desta sexta-feira parentes e amigos de Romário dos Santos Novaes se reuniriam na porta do hospital Santo Amaro. Segundo eles, o rapaz foi baleado por um policial militar na noite do dia 31 depois de uma discussão no bairro Maré Mansa. “Tinha um amigo dele abraçando ele, cumprimentando com feliz ano novo, e o policial chegou atrás dele e pediu para ele se retirar. Quando meu primo olhou para trás, nem deu ibope, virou e saiu andando. Foi quando ele deu uma coronhada na cabeça do meu primo, meu primo caiu ajoelhado e logo em seguida ele deu um tiro nele”, diz a prima de Romário Elidiane Gouveia.

O irmão de Romário, que estava com ele na festa, diz que muita gente tentou socorrer o rapaz, mas foram impedidas pelo policial. “Minha irmã chegou na hora, e disse: ‘É meu irmão’. E ele disse: ‘sai, sai, senão vou te matar também. Minha irmã foi e ele empurrou ela, em cima do corpo do meu irmão”, conta Ronieri Santos de Novaes.

Romário está internado desde o dia 1º no hospital Santo Amaro com uma bala alojada no ombro esperando uma cirurgia. “Ele está sentido muita dor, ele não tá sentido o braço esquerdo, está formigando e ele diz que está sentido muita dor”, explica a namorada da vítima Crislaine Conceição.

A Polícia Militar informou que o soldado estava à paisana quando foi abordado por Romário, que anunciou o assalto e que o militar agiu em legítima defesa. Já o hospital Santo Amaro informou que o paciente está estável, medicado e em observação. Explicou, também, que o caso de Romário não é cirúrgico, porque a bala está em local de difícil acesso e que não oferece risco a vida dele.


NEGLIGÊNCIA DO HOSPITAL SANTO AMARO MATA MAIS UM EM GUARUJÁ!
SORTE DA POPULAÇÃO GUARUJAENSE QUE UNIDADE ANUNCIADA NO ANTIGO PRÉDIO DO HOSPITAL ANA COSTA ERA MAIS UMA PROMESSA POLÍTICA, CASO CONTRÁRIO ERAM DUAS UNIDADES NEGLIGENCIANDO NO ATENDIMENTO À POPULAÇÃO.
 
 
GOVERNO MARIA DE BRITO E ADMINISTRAÇÃO BAHABOTAS, QUEM CONHECE NÃO CONFIA!
.

FIZERAM UMA PINTURA, UM PUXADINHO NA LAJE, MAS O AÇOUGUE SANTO AMARO CONTINUA MATANDO OS PACIENTES POR FALTA DE ATENDIMENTO!
NO PASSADO, ELES OPERAVAM O JOELHO ERRADO, AGORA EM 2013 NEM OPERAR ELES OPERAM. SERÁ QUE O MÉDICO QUE FOI DAR UM COCHILINHO E DEIXOU UM AUTISTA MORRER JÁ FOI PROCESSADO?


E O PÂNICO (PAM)? ALGUM MÉDICO PODERIA INFORMAR AO CREMESP QUE POSTO DE ATENDIMENTO NÃO É HOSPITAL PARA MANTER PACIENTES INTERNADOS!
.

VAMOS ESPALHAR A VERDADE?
Dr. DOGINHO FEZ UM PROPOSTA DE COMPRA DO PRÉDIO…
Dr. BAHABOTAS DISSE QUE VAI ALUGAR POR 160 MIL CRUZEIROS, A PRESTAÇÃO DO PRÉDIO É 100 MIL….
E A MITÔMANA DISSE QUE CONQUISTOU UMA NEGOCIAÇÃO PRIVADA QUE AINDA NÃO ACONTECEU….
.
.
ALGUÉM ACREDITA QUE APÓS A ELEIÇÃO ACONTEÇA ALGUMA COISA, TIPO PASSAGEM DE ÔNIBUS POR R$ 1,70, POUPATEMPO DA SAÚDE?
 

…E A CRIANÇA ESPECIAL QUE ESTAVA ESPERANDO A CIRURGIA DE EMERGÊNCIA, SERÁ QUE JÁ FOI ATENDIDA PREFEITA?
 
 
SAÚDE, UM DIREITO UNIVERSAL DO CIDADÃO!
.

DR. URBANO BAHAMONDE MANSO, NOSSA HUMILDE SUGESTÃO:
APROVEITANDO A CONVOCAÇÃO DE MAIS UMA A$$EMBLÉIA  “EXTRA” ORDINÁRIA, QUE TAL CRIAR MAIS UMA COMI$$ÃO:

  
UMA COMISSÃO PARA COLOCAR ATRÁS DAS GRADES, MÉDICOS, ADMINISTRADORES, QUE DEIXAM UMA CRIANÇA ESPECIAL MORRER NA EMERGÊNCIA ENQUANTO DORMEM…


…AFINAL, CRIAR UMA FILIAL PARA QUE? VÃO FAZER ESSAS CAGADAS EM DUAS PARTES (MATRIZ & FILIAL?)?
LEMBRANÇAS A PREFEITA QUE HOJE, VAI MAIS UMA VEZ UTILIZAR O HOSPITAL PARA FAZER POLÍTICA E NÃO CUIDAR DA POPULAÇÃO QUE ESTÁ PERECENDO!!!
.

ASSISTA A MATÉRIA DA TV TRIBUNA E PENSE, AMANHÃ PODERÁ SER VOCÊ, SUA ESPOSA, SEUS FILHOS OU ALGUÉM DA SUA FAMÍLIA!
MAIS UMA JOVEM INTERNADA NO PAM/UPA, MORRE! SERÁ QUE NENHUM IDIOTA DO SISTEMA DE SAÚDE DO GUARUJÁ SABE QUE O PAM E A UPA NÃO SÃO HOSPITAL?

.
ATÉ QUANDO VAMOS PERMITIR OS MATADOUROS MUNICIPAIS EM GUARUJÁ!


PREFEITURA DO GUARUJÁ CRIA PROGRAMA NEO VIDA E MILAGROSAMENTE ÍNDICES DE MORTALIDADE CAEM 50% NA CIDADE DE GUARUJÁ…

FUNDAÇÃO SEADE, QUEM ACREDITA NOS ÍNDICES DA PREFEITURA DE GUARUJÁ?


VAMOS AGUARDAR A RESPOSTA DO SEADE AO NOSSO REQUERIMENTO….


ESPERO QUE OS AMIGOS POLÍTICOS E OS QUE PRETENDEM SE ELEGER, LEIAM ESSE POST!

.

Mas uma vez me aborrecendo com o hospital santo amaro, pago um plano de saúde a anos que não é barato e quando preciso sempre me aborreço, hoje me senti mal e precisei ir ao “único hospital da nossa cidade”, cheguei por volta das 14:30, com dor de cabeça, dor no corpo, tonta e com um inicio de alergia, esperei por horas atendimento, pois tinha casos mais grave do que o meu e precisava ser atendido na frente até ai tudo bem, pois entra a parte da solidariedade ao próximo, mesmo que estejamos falando de uma emergência, pois se é emergência não tem que ter prioridade e sim médicos para todos certo?

O medico que me examinou o Dr Paulo de Távora Cavalcante Bin, mandou eu fazer um exame de sangue que ficaria pronto em DUAS horas, ai sim ele poderia me medicar, quando cheguei minha pressão já se encontrava alta, as 19:30 o exame ficou pronto o exame que foi feito as 15:00 hs, ou seja não foi duas horas e sim 4 horas e meia para ficar pronto, primeiro descaso, segundo: a enfermeira que entrega os exames é uma grossa que não sabe falar com o ser humano, uma pobre de espírito, porque se um paciente está ali é porque está doente e não precisando de aborrecimento, esperei mais meia para se atendida e medicada.

Fui tratada como se tivesse devendo algum favor ao Hospital Santo amaro, comuniquei a direção e telefonei para o Auditor Robson que diz resolver todos os problemas do “único Hospital da cidade”, e sabe qual foi a resposta do auditor banana??..

O covarde desligou o celular e o telefone corporativo porque precisava ir embora e o Particular do hospital lotado de pessoas doentes, um detalhe me chamou a atenção, tinha um quadro na recepção com o nome dos médicos de plantão, são três na parte do dia e três na parte da noite, mas um único medico estava atendendo, ai me pergunto?…Aonde estavam os outros??.. que deveriam está prestando atendimento, já que estavam no plantão deles??..estranho né??

O hospital fez algumas mudanças basiquinhas para dar uma tapeada no atendimento e tentar com que ele seja mais rápido, pra mim jogada para enrolar a população, separaram as salas de medicação, e para medição de pressão, assim ajudaria o atendimento medico ser mais rápido, Balela isso não funciona, esse hospital me prova mais uma vez que não tem uma administração competente para fazê-lo funcionar.

Só quero deixar claro que a mim ninguém engana, não sou nenhuma leiga que não sabe correr atrás dos seus direitos, por isso que não vou deixar essa situação desse jeito, sai dessa merda de hospital pior do que voltei, com a minha pressão mais alta do que quando cheguei, já tinha mais de 3 anos que não tinha esse problema de saúde e o hospital que deveria me ajudar acabou me deixando mais nervosa… e ao senhor Robson da ouvidoria fique sabendo que ainda vamos nos cruzar, não sou mulher de deixar assuntos pendentes e espero que não venha com seu terno engomadinho e com a voz mansa, porque não colou na época da minha mãe e não vai colar comigo, chamo a impressa mesmo, denuncio sim, não tenho medo de falar não, vocês que me estressaram agora agüenta! E rezem para que eu não piore, porque ainda meto um processo no rabo de vocês , porque assim mexendo no bolso vocês quem sabe aprendam a respeitar as pessoas!

“A minha indignação fica aqui registrada..”

Quero saber até quando o poder público, vereadores, prefeito vão manter o descaso com a cidade mantendo um único hospital?

Gostaria de saber onde está a reforma que foi feita na casa??… Gostaria de saber onde está os políticos engomadinhos que gostam de falar bonito e não fazem nada?..

Então deixo aqui bem claro que não sofro de amnésia, quando chegar à hora de ir para urnas garanto que a minha memória não irá falhar!

Acho que já está na hora de parar com discursos bonitos e começar a agir, porque a Saúde da nossa cidade é uma merda como alguns políticos, a Educação idem, e por ai vai…

.
ACORDA GUARUJÁ, TA NA HORA DE COLOCAR ESSE POVINHO PRA CORRER E PELO MENOS ELEGER GENTE QUE TENHA VONTADE, MORAL E CARATER PARA LUTAR DE VERDADE…
AS ELEIÇÕES ESTÃO CHEGANDO NOSSA RESPOSTA VAI SER LÁ NA URNA..
E PARA OS AMIGOS QUE PRETENDEM SE ELEGER FICA A DICA!



A VERDADE APARECE NA GREVE DOS MÉDICOS DO TITANIC AMARO!!!
APÓS AS DECLARAÇÕES NA TV DO PASTOR DE IMPRENSA DO HSA, UM HOMEM DE DEUS QUE NUNCA MENTE, A VERDADE APARECE E OS MÉDICOS ESTÃO SEM RECEBER HÁ MAIS DE 90 DIAS CONTRARIANDO O PASTOR…
[
]
URBANO, SEJA HOMEM E CUMPRA O PROMETIDO NA TELEVISÃO, PEGUE O BONÉ DE FININHO E PEÇA PARA SAIR!!!!!
.

APÓS O CASO DO JOELHO TROCADO, A PERNA PERDIDA, BEBÊS NO ÚTERO, DEMISSÃO DE MÉDICOS,  MORTE DE UMA CRIANÇA ESPECIAL PELO SONINHO DO MÉDICO, VEM AI O NOVO REMAKE DA REDE GLOBO DE TELEVISÃO:

SOB NOVA DIREÇÃO!!!


“QUEM VIVER VERÁ, SE SOBREVIVER AO HSA É CLARO…”