TRIBUNAL MANTÉM REJEIÇÃO DAS CONTAS DA CÂMARA DE GUARUJÁ
CONTABILIZAÇÃO DE DESPESAS FOI O FATO GERADOR DA REJEIÇÃO DAS CONTAS DA GESTÃO PIRANI.
 
dr-dimasramalho-interna
 

Os conselheiros no Tribunal de Contas Paulistas (TCESP), em sessão no Tribunal Pleno na manhã desta quarta-feira, às 11h00, mantiveram a decisão de reprovar as contas anuais da Câmara Municipal da Estância Balneária do Guarujá, referentes ao exercício de 2008.

O relator da matéria, Conselheiro Dimas Eduardo Ramalho, votou pelo desprovimento do recurso ordinário apresentado contra decisão da Primeira Câmara, que acolheu os embargos de declaração, para corrigir os valores, objeto de ressarcimento, e manteve a decisão que julgou irregulares as contas do Legislativo naquela municipalidade.

 
page-001
page-002
page-003
page-004
page-005
page-006
page-007
page-008
.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s