PREFEITURA NÃO ANUNCIA NOVO REAJUSTE, MAS PROPÕE CRIAÇÃO DE COMISSÃO.
“OS SERVIDORES JÁ NÃO AGUENTAM MAIS ESSA SITUAÇÃO, QUE SE ARRASTA DESDE ABRIL. JÁ ESTAMOS, QUASE, EM AGOSTO E ATÉ AGORA NADA”, DECLAROU MÁRCIA RUTE DANIEL PRESIDENTE DO SINDSERV.
 
antonietagreveprofessores
  .

Após quatro horas reunidos com a prefeita Maria Antonieta de Brito (PMDB) e secretários, representantes dos servidores públicos e professores municipais se mostraram insatisfeitos com a proposta apresentada pela Administração Municipal, para resolver o impasse salarial das duas categorias. Após oferecer um reajuste de 0,5% à categoria, a Prefeitura sugeriu a criação de uma comissão para estudar uma nova reivindicação salarial e, com isso, começar uma nova negociação.

Entretanto, para que o aumento nos salários volte a ser discutido, os professores da rede pública devem retornar às salas de aula nesta terça-feira, quando a paralisação atinge 12 dias.

A proposta, de acordo com a presidente do Sindicato dos Professores em Escolas Públicas Municipais (Siproem), Joanice Gonçalves Santos Baptista, será discutida em assembléia, às 14 horas, na quadra da Escola de Samba Amazonense, na Rua Francisco Alves, 72, Vicente de Carvalho, em  Guarujá.

É nesse encontro que serão definidos os rumos da negociação. “Vamos apresentar a situação para toda categoria e eles é que vão decidir se aceitam a proposta da Prefeitura ou continuam em greve”.

Joanice definiu  a reunião como  positiva. Para ela, mesmo sem ter sido apresentada uma nova oferta salarial, a prefeita aceitou começar uma nova negociação. “Depois de muita discussão acredito que isso (criação da comissão) tenha sido um avanço. Pelo menos mostraram estar abertos para conversar”.

Já a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos (Sindserv), Márcia Rute Augusto, não demonstrou a mesma satisfação com o posicionamento da Prefeitura. “Os servidores já não aquentam mais  essa situação, que se arrasta desde abril. Já estamos, quase, em agosto e até agora nada”.

De acordo com ela, que representa trabalhadores de 104 funções, os servidores não podem ser punidos com a criação de uma nova comissão.

“Já havíamos conseguido a correção da tabela do quadro funcional, mas  com a mudança  de emendas na Câmara Municipal –  retirou do  projeto de lei termo “anual” para o reajuste dos profissionais – perdemos esse direito”, diz Márcia, que vai realizar uma assembleia com a categoria na sexta-feira, às 19 horas. 

Resposta

Assim que terminou a reunião, a prefeita Maria Antonieta de Brito exaltou o respeito entre as partes participantes da  reunião durante todo o encontro. Ela também explicou o que motivou o convite aos sindicatos para uma conversa.

“Com as emendas que o projeto recebeu (na Câmara) a lei se tornou inconstitucional. Nós teríamos uma grande discussão jurídica se fossemos pelo caminho legislativo”

A prefeita diz que devido à demora nesse processo e  por entender a  urgência do assunto foi decidido de forma consensual a criação de uma comissão nessa quarta-feira para reiniciar as discussões pelo reajuste salarial.

“Nosso desejo é avançar para poder dar o reajuste aos servidores. Esperamos que os professores, a partir dessa proposta, voltem imediatamente às aulas. Nesta comissão também estaremos discutindo a reposição dos professores”.

Fonte: A Tribuna Digital

Anúncios
comentários
  1. humberto disse:

    é uma pena que os funcionarios pulblicos tenham dois sindicatos,pois cada vez que os professores recusam o vale coxinha da prefeitura ,quem paga sao os funcionarios pulblicos representados pelo sindserv,que sao a maioria .nao é aceitavel que o sindicato dos professores que é minoria,continue prejudicando a maioria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s