eleiçõescae
.
SOBRE A ASSEMBLÉIA PARA ESCOLHA DE REPRESENTANTE PARA O CAE (CONSELHO DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR).
por Cleidinha Carmo no Facebook

E esse é o nosso sindicato. No mural o comunicado da Assembléia que, segundo a nossa atual presidente, “algumas” escolas foram avisadas. Na “Assembléia” estavam presentes pouco mais que 10 pessoas já com indicação e voto definido. A Chapa Renovação acompanhou a “votação” e mesmo com os risinhos permanecemos observando o teatro de fantoches que essa escolha do CAE se tornou.

Foi eleita uma Supervisora e o SINDISERV indicou um membro da ATUAL DIRETORIA…

Ainda existe esperança, mas é lamentável que uma escolha desse nível, (mesmo nossa Presidente achando que “é só a escolha de um fiscal gente, para ver se as crianças estão comendo direitinho e se a merenda tem qualidade), mesmo assim Srª. presidente, TODOS os funcionários da educação deveriam estar presentes para opinar. Isso é Democracia e Transparência e não marcar uma Assembléia para 16h quando a maioria está trabalhando.

Segundo a mesma, nunca foi necessário fazer Assembléia para escolher membros, ela está acostumada (palavras dela) a indicar as pessoas sem precisar disso!!!

Pois é, Graças a Deus os tempos estão mudando e eu tenho esperança de que num futuro nem tão distante, a democracia e transparência faça parte constante das ações do SINDISERV.

Agora para VC que adora reclamar de tudo mas não participa de nada deixo um alerta: Acooorda pq muitas coisas importantes são decididas enquanto vc se acomoda no seu mundinho. Então, depois, não fique reclamando pelos corredores!!!!!

PEÇO A TODOS OS COMPANHEIROS PROFESSORES E GESTORES ESCOLARES QUE “CONVERSEM” COM OS PAIS E COM OS ALUNOS, MOSTRANDO O TIPO DE MANOBRA QUE FAZEM O GOVERNO DE GUARUJÁ E O(S) SINDICATO(S), SE É QUE O SIPROEM FARÁ UM PAPELÃO DESSES, PARA CONDUZIREM A ESTA IMPORTANTE COMISSÃO, PESSOAS AMARRADAS COM CARGO COMISSIONADO NA ADMINISTRAÇÃO!
por Valter Batista de Souza no Facebook

A Lei Municipal 3888/2011 estabelece a representatividade e a forma de condução dos membros do Conselho de Alimentação Escolar:

Art. 3º O Conselho Municipal de Alimentação Escolar – CAE será constituído por 07 (sete) membros com a seguinte composição:

I – 01 (um) representante do Poder Executivo, indicado pelo Prefeito Municipal;

II – 02 (dois) representantes das entidades de trabalhadores da educação, indicados pelo respectivo órgão de representação, a serem escolhidos por meio de assembléia específica;

III – 02 (dois) representantes de pais de alunos, indicados pelos Conselhos Escolares, Associações de Pais e Mestres ou entidades similares, escolhidos por meio de assembléia específica;

IV – 02 (dois) representantes indicados por entidades civis organizadas, escolhidos em assembléia específica.

§ 1º Cada membro titular do Conselho Municipal de Alimentação Escolar – CAE terá 01 (um) suplente da mesma categoria representada.

§ 2º Os membros e o Presidente do Conselho Municipal de Alimentação Escolar – CAE terão mandatos de 04 (quatro) anos, podendo ser reconduzidos de acordo com a indicação dos respectivos segmentos.

É evidente a necessidade de ASSEMBLEIA para indicação de membros do CAE.

Os Estatutos dos Sindicatos SINDSERV e SIPROEM são claros quanto à Convocação, Divulgação e Realização de suas Assembleias.

Se os jurídicos dos referidos Sindicatos asseguram a legalidade dos atos que levaram à escolha que fizeram, quem sou eu para questionar…

Vamos ver como pensam os 1700 professores e os mais de 80 mil pais dos alunos, além dos alunos das escolas de nossa cidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s