MORADORES RECLAMAM DE FALTA DE MÉDICOS EM UPAS DE GUARUJÁ
FABIANA RAMALHO DENUNCIOU FALTA DE MÉDICOS NA UPA RODOVIÁRIA.
 
FALTA DE MÉDICOS É ROTINA NAS UNIDADES DE SAÚDE EM GUARUJÁ COM O MINISTÉRIO PÚBLICO APÁTICO
.
“Não tem médicos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Rodoviária do Guarujá”. Foi assim que a estudante Fabiana Ramalho, de 31 anos, denunciou a ausência de clínicos gerais na unidade em questão na manhã deste domingo (22). Ela compareceu ao local para levar sua mãe, pois pensava que ela tinha enfartado.
.
No local, o atendimento não ocorreu como ela imaginava. “Fui até o balcão e me informaram que não tinha médico”. Ao perguntar para pacientes que lá estavam, a informação foi confirmada. Segundo eles, desde sábado (21) à noite não há médicos no local.
.
“Recomendaram que os pacientes fossem à UPA da Enseada. Foi o que eu fiz, mas e quem não pode?” Segundo Fabiana, “quem não tem dinheiro ou condições de se locomover, morrerá lá”.
.
Na UPA da Enseada, a mãe de Fabiana foi diagnosticada com problemas musculares e o médico a receitou um Buscopan. 
 
Mais reclamações
.
O caso de Fabiana não foi a única denúncia de falta de médicos em uma únidade de saúde de Guarujá .
.
O padeiro Rafael Amâncio dos Santos, de 31 anos, morador do Jardim Boa Esperança, foi na UPA de seu bairro na sexta-feira (20), por volta das 20 horas e voltou para casa sem receber atendimento. “Estou com virose e suspeita de dengue e queria fazer um exame para checar o que era, mas me informaram que não tinha médico”.
.
A outra UPA que fica perto da casa de Rafael apresentava o mesmo problema. “A unidade da Rua São João também estava sem médicos. As outras são mais longe, e teria de usar o transporte público. Não estava disposto”.
.
Para Rafael, a sensação que fica é de “indignação”. “A gente contribui com impostos e a Cidade tem recursos. Não conseguir manter a saúde pública funcionando é complicado. No meu caso foi uma virose, mas e se fosse alguma situação mais grave?” 
 
Resposta
.
Em nota, a Prefeitura não explicou a falta de médicos nas unidades nos momentos citados. A Secretaria de Saúde de Guarujá informou que, no momento da emissão da nota, às 14h12, a UPA Rodoviária contava com três clínicos e três pediatras. A UPA Jardim Boa Esperança por sua vez, possuía dois médicos atendendo a comunidade, assim como as UPAS Enseada e São João.
.
O Executivo ressalta  que o Município tem neste momento nove médicos atendendo a comunidade em suas unidades de urgência e emergência e reforça que todas as unidades contam com equipes atuantes e que estão enfrentando qualquer tipo de situação com garra, fibra, altivez e com unidade.
.
Fonte: A Tribuna Digital

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s