.
PREFEITA DE GUARUJÁ EM ENTREVISTA À TRIBUNA, MOSTRA SUA VEIA DE COMEDIANTE PÚBLICA!
por Manoel Inconfidente Vergara
 
.
Olá amigos Inconfidentes, inicialmente gostaria de nos desculpar por estar falhando com nossos leitores, mas infelizmente acometido da famosa “doença silenciosa”, não é sempre que consigo atualizar nossas tribunas, mas vamos lá.
.
Falar o que penso desta senhora, infelizmente as leis e seus advogados pagos com nossos impostos não me permite, afinal a Prefeita Maria Antonieta de Brito (PMDB), saberá quando sair ou for expulsa do governo quanto custa pagar um advogado, no momento ela vem trocando serviços, mas o tempo mostrará.
.
A Rede Bandeirantes de Televisão sem duvida alguma já tem um substituto ao comediante Rafinha Bastos (Agora é Tarde), que vem anunciando que foi demitido da rede, afinal a Prefeita de Guarujá que nunca teve e não terá um voto da minha família é uma comediante nata.
.
Declarar ao jornal A Tribuna que a nossa prefeitura não pode pagar cerca de 6 milhões por mês de Precatórios é uma verdadeira piada, de mal gosto por sinal.
.
Com um orçamento anual de quase 1,3 Bilhões, esta senhora vem mantendo uma IMUNDA folha de comissionados, gafanhotos, que ninguém sabe absolutamente o que fazem realizam, além de defender o governo mais corrupto na história desta cidade pelas Redes Sociais.
.
Com mais de 570 comissionados, uma folha de pagamentos desta turma estimada em mais de 150 milhões ao ano, a Prefeita de Guarujá deve estar zombando novamente da população e do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.
.
untando os contratos absurdos da G.P Segurança, Terracom, Stratégia Consultores e alguns da Merenda Escolar, certamente a divida de mais de 500 milhões de Precatórios já estariam pagas há muito tempo.
.
Nossa sugestão é que a Prefeita de Guarujá administre melhor as multas e fique de olho no seu quintal, afinal comenta-se pelas esquinas da cidade que pessoas próximas a prefeita, estão ganhando muito dinheiro com as irregularidades das Torres de Telefonia Celular na cidade, será verdade?

DUAS COMISSÕES PROCESSANTES APURAM DESVIOS NO EXECUTIVO DE GUARUJÁ
INVESTIGAÇÕES REALIZADAS PELOS PRÓPRIOS VEREADORES TAMBÉM IDENTIFICARAM COMPRAS A PREÇOS BEM ACIMA DOS PRATICADOS NO MERCADO.
 
.
O Plenário da Câmara Municipal de Guarujá aprovou na última terça-feira (24), por 9 votos a 6, a formação de comissão processante para apurar responsabilidades no caso que ficou conhecido como ‘o escândalo da merenda’.
.
A medida foi deliberada em consonância com parecer, emitido pela Comissão de Fiscalização e Controle, que investigou o caso durante seis meses e concluiu que há fortes evidências de superfaturamento, fraude, ingerência e omissão por parte de agentes públicos – conforme consta no relatório analisado nesta terça-feira pelos vereadores, e que agora será encaminhado ao Ministério Público Estadual (MPE) e ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) para municiar possível inquérito criminal a ser aberto contra os gestores responsáveis, entre eles, a secretária de Educação, Priscilla Bonini.
.
Paralelamente a isso, a comissão processante vai apurar a eventual responsabilidade da chefe do Executivo no caso. O grupo foi formado na mesma sessão em que o relatório foi votado, por meio de sorteio. O vereador Edilson Dias (PT) ficou com a presidência da comissão, tendo como relator o vereador Geraldo Soares Galvão (DEM) e, como membro, o vereador Jailton Sorriso (PPS). Os trabalhos terão duração de 90 dias e, ao final, podem resultar em cassação.
.
Denunciado em junho, pela ex-presidente do Conselho de Alimentação Escolar (CAE) do Município, Elizabeth Barbosa, o escândalo veio à tona em depoimento prestado a vereadores da Comissão de Fiscalização e Controle da Casa, quando apontou uma série de irregularidades no contrato de fornecimento de merenda escolar nas unidades de ensino da Cidade – como inferioridade nutricional dos alimentos servidos; o não cumprimento de exigências contidas no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), além do supostos cerceamento do trabalho de fiscalização dos conselheiros.
.
Investigações realizadas pelos próprios vereadores também identificaram compras a preços bem acima dos praticados no mercado.Entre os que mais chamaram atenção, consta o valor do preço do adoçante dietético líquido (marca Stevita): R$ 24,76 (frasco de 100 ml), sendo que o mesmo produto, no mercado, foi encontrado por R$ 2,10 (o frasco de 100 ml). Ou seja, por preço quase 1.000% menor (mais detalhes na tabela abaixo).
.
Vereadores também detectaram problemas no fornecimento de carne às escolas. Os vereadores Edílson Dias (PT), Luciano Lopes da Silva, o Luciano China (PMDB) e Givaldo dos Santos Feitoza, o Givaldo do Açougue (PSD) comprovaram que, em pelo menos duas escolas, a carne oferecida na merenda (coxão mole) seria inferior a que foi licitado pela Secretaria de Educação (contrafilé). Eles também encontraram duas peças de carne que deveriam ter 5 quilos, e não tinham.
.
Vereadores detectaram ainda negligência no recebimento dos alimentos, perdas entre 30% e 50% das frutas e verduras, fragilidade na estrutura das cozinhas das escolas; merendeiras das próprias empresas fornecedoras assinando recebimentos de mercadorias e preços duas ou três mais altos do que os praticados no mercado, com indícios de superfaturamento. O fornecedor também estaria sem contrato, na ocasião.
.
Entre as disparidades de preço verificadas, as que mais chamam atenção são:
.
1) O valor do preço da farinha de trigo especial (marca Rosa Branca): R$ 4,50 (o quilo), sendo que o mesmo produto, no mercado, custa R$ 2,10 (o quilo). Ou seja, é 109% menor.
.
2) O valor do preço o café moído e torrado (marca Pelé): R$ 18,12 (o quilo), sendo que o mesmo produto, no mercado, custa R$ 9,96 (o quilo). Ou seja, é 81,9% menor.
.
3) O valor do preço do trigo para kibe (marca PQ): R$ 11,88 (o quilo), sendo que o mesmo produto, no mercado, custa R$ 5,00 (o quilo). Ou seja, é 137,6% menor.
.
4) O valor do preço do adoçante dietético líquido (marca Stevita): R$ 24,76 (frasco de 100 ml), sendo que o mesmo produto, no mercado, custa R$ 2,10 (o frasco de 100 ml). Ou seja, é 1.000% menor.
.
5) O valor do preço do orégano (pacote 100g): R$ 6,93, sendo que o mesmo produto, no mercado, custa R$ 2,10 o pacote de 100g. Ou seja, é 230% menor.
.
6) O valor do preço do frango em cubos: R$ 16,59 (o quilo), sendo que o mesmo produto, no mercado, custa R$ 6,99 (o quilo). Ou seja, é 137% menor.
.
7) Sucrilhos (da marca Nutrifoods): R$ 18,00 (o quilo), sendo que o mesmo produto, no mercado, custa R$ 8,60 (o quilo). Ou seja, é 109,3% menor.
.
8) Cereal infantil (da Multicereais): R$ 11,70 (o quilo), sendo que o mesmo produto, no mercado, custa R$ 4,30 (o quilo). Ou seja, é 109% menor.
.
9) Biscoito salgado tipo cream cracker (da Duchen): R$ 11,00 (o quilo), sendo que o mesmo produto, no mercado, custa R$ 5,50 (o quilo). Ou seja, é 100% menor.
.
10) Suco de caju (Serigy): R$ 11,00 (o litro), sendo que o mesmo produto, no mercado, custa R$ 4,58 (o litro). Ou seja, é 140% menor.
.
*Todos os preços tomados como base de comparação, pela Câmara, foram adquiridos em mercados da Cidade e as notas fiscais constam no relatório. Todos os dados referem-se ao ano de 2014.
.
Fonte: CÂMARA MUNICIPAL DE GUARUJÁ.
Assessoria de Imprensa

PELO PSDB, VEM AI FARID MADI EM 2016?
APÓS ATROPELAR OS CANDIDATOS DA PREFEITA MARIA DE BRITO (PMDB) NAS ÚLTIMAS ELEIÇÕES, COM A BENÇÃO DAS LIDERANÇAS E DO GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN, SERÁ QUE O EX-PREFEITO ATROPELARÁ A TUDO E A TODOS COM A LOCOMOTIVA DO GOVERNO DO ESTADO?
 

.

DIRETOR RIBAMAR BRANDÃO: “PEÃO NO JOGO POLÍTICO OU CAVALO DE TRÓIA NUM GOVERNO PRA LÁ DE SUSPEITO?”
PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DOS CAMINHONEIROS QUE UTILIZA UMA ÁREA PÚBLICA, DIRETOR DE PORTOS, A FAMÍLIA PROPRIETÁRIA DE UM CANAL DE TELEVISÃO, ARTICULADOR NA CÂMARA MUNICIPAL E EX-SECRETÁRIO NO GOVERNO FARID MADI E CANDIDATO À PREFEITO PELA OPOSIÇÃO, RIBAMAR BRANDÃO (PSB) É UMA CAMALEÃO POLÍTICO EM GUARUJÁ?
 
 
GOVERNO MARIA DE BRITO: “QUEM CONHECE, NÃO CONFIA!”
.

A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR: “JÁ PAGARAM O 13º DAS MERENDEIRAS E APURARAM AS DENUNCIAS MINISTÉRIO PÚBLICO E SINTERCUB?”
PREFEITURA DE GUARUJÁ RENOVA CONTRATO DE MAIS DE 8 MILHÕES DE REAIS QUE LEVOU AS MERENDEIRAS A UMA GREVE POR FALTA DE PAGAMENTO E CONDIÇÕES DE TRABALHO INDEVIDAS EM GUARUJÁ.
 
 
GOVERNO MARIA DE BRITO: “QUEM CONHECE, NÃO CONFIA!”
.

MALVERSAÇÃO DE DINHEIRO PÚBLICO TEM OUTRO NOME NO GOVERNO DO GUARUJÁ, CHAMA-SE OPOSIÇÃO AO GOVERNO!
SÃO DEZENAS DE ESCÂNDALOS, ALGUNS AINDA EM INVESTIGAÇÃO COMO AS ESCOLAS DA CONSTRUTORA MATISSE, A COMPRA DO COLÉGIO DOMINGOS DE MORAES, UNIFORMES ESCOLARES QUE NÃO CHEGARAM, LOUSAS DIGITAIS, EVENTOS MILIONÁRIOS, LIVROS DIDÁTICOS, LEGO, REFORMAS DE ESCOLAS, ETC…ETC…ETC…
 
 
QUEM SABE SE A PREFEITA FICASSE MAIS NA CIDADE AO INVÉS DE IR PASSEAR EM BRASILIA, OS DESCALABROS COM O DINHEIRO PÚBLICO DIMINUIRIA!
.